mulher deitada com sintomas de tpm no meio do ciclo
Bem-Estar&Saúde

TPM no meio do ciclo: quais são os melhores alimentos

Você já ouviu falar sobre a TPM no meio do ciclo menstrual? É comum associarmos a tensão pré-menstrual (TPM) apenas ao período anterior à menstruação, mas a verdade é que muitas mulheres também enfrentam sintomas desconfortáveis no meio do ciclo.

Felizmente, existem alguns alimentos que podem ajudar a aliviar esses sintomas e proporcionar um pouco mais de conforto nessa fase do ciclo. 

Sendo assim, neste poost, vamos explorar alguns dos melhores alimentos para combater a TPM no meio do ciclo menstrual e como incorporá-los em sua dieta de maneira simples e saborosa.

O que é TPM e quais são os sintomas?

A TPM é um conjunto de sintomas físicos e emocionais que ocorrem em muitas mulheres no meio do ciclo menstrual, geralmente cerca de uma semana antes da menstruação. 

Assim, alguns dos sintomas mais comuns incluem:

  • Dor de cabeça
  • Inchaço abdominal
  • Sensibilidade nos seios
  • Mudanças de humor
  • Irritabilidade
  • Fadiga
  • Insônia
  • Ansiedade

Melhores alimentos para a aliviar a TPM no meio do ciclo mesntrual

Alguns sintomas da TPM podem ser amenizados através da ingestão de determinados alimentos. 

Por isso, criamos uma lista com alguns alimentos que você pode priorizar no período da TPM.

Frutas e vegetais

Estes alimentos são ricos em fibras, vitaminas e minerais, ajudando a regular o intestino, combater o inchaço abdominal e a regular a produção de hormônios. 

As frutas cítricas, como laranja, tangerina e limão, são especialmente boas, pois são ricas em vitamina C, que ajuda na absorção de ferro.

Grãos integrais

Alimentos como arroz integral, quinoa e aveia são ricos em fibras, proteínas e carboidratos complexos, que ajudam a manter a energia e evitar os picos de açúcar no sangue. 

Além disso, a aveia é rica em triptofano, um aminoácido que ajuda a produzir serotonina, o neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar.

Peixes e frutos do mar

Estes alimentos são ricos em ômega 3, um ácido graxo essencial que ajuda a reduzir a inflamação e a regular a produção de hormônios. Salmão, sardinha e camarão são excelentes opções.

Oleaginosas

 Amêndoas, castanhas e nozes são ricas em gorduras saudáveis, proteínas e minerais como zinco e magnésio, que ajudam a regular a produção de hormônios e reduzir a ansiedade.

Chás 

Chás como o de camomila, erva-cidreira e hortelã ajudam a reduzir a ansiedade, a irritabilidade e a insônia, além de terem propriedades anti-inflamatórias.

[email]

Dicas adicionais para lidar com a TPM

Além de prezar por uma alimentação mais saudável, você pode adotar outras dicas para lidar com a TPM no meio do ciclo, como:

  • Praticar exercícios físicos regulares, como caminhada, ioga ou natação.
  • Manter-se hidratada, bebendo bastante água e sucos naturais.
  • Reduzir a ingestão de cafeína, álcool e alimentos processados.
  • Tente relaxar através de técnicas de respiração ou meditação.

Conclusão

Neste post, vimos que a alimentação pode ser uma ferramenta poderosa no controle dos sintomas da TPM. 

Ou seja, você deve incluir alimentos ricos em nutrientes, fibras e ômega-3 para ajudar a reduzir a inflamação, regular a produção de hormônios e aumentar o bem-estar geral. 

Além disso, é importante lembrar de adotar um estilo de vida saudável, com a prática regular de exercícios físicos, o consumo adequado de água e a redução do estresse. 

Com essas dicas simples, é possível aliviar os sintomas da TPM e manter uma rotina mais equilibrada.

No entanto, é preciso lembrar que cada mulher é única e pode ter necessidades alimentares diferentes durante a TPM. 

Por isso, preste atenção ao seu próprio corpo e experimente diferentes alimentos para ver o que funciona melhor para você. 

Se você tiver preocupações ou sintomas graves durante a TPM, não hesite em procurar ajuda médica.

Esperamos que essas dicas ajudem você a lidar com a TPM de forma mais fácil e saudável. Lembre-se de que cuidar de si mesma é uma prioridade e um ato de amor próprio.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *